Dra. Heloisa Campos

Hemangiomas Planos

Os Hemangiomas Planos, também conhecidos como Manchas Vinho-do-Porto (Port Wine Stain), sempre surgem ao nascimento como manchas de pele as quais podem variar da cor rosada até o vermelho escuro. Afetam igualmente meninos e meninas e não regridem espontaneamente.
Durante a infância, estes Hemangiomas persistem como manchas planas, sem relevo. A partir da segunda década de vida, dois terços dos casos passam a sofrer alterações, a saber, o escurecimento da lesão, a hipertrofia das estruturas afetadas e a formação de nódulos superficiais. Tais alterações podem promover deformidade ao longo do tempo, e os nódulos superficiais representam um risco de ferimentos e sangramento.

A maior parte dos pacientes apresenta o Hemangioma Plano como única alteração. Porém, uma pequena porcentagem dos casos manifesta outras malformações associadas. Eventualmente, as alterações encontradas em um portador podem fazer parte de um quadro já conhecido previamente e descrito na literatura como uma síndrome. As síndromes mais frequentemente associadas aos Hemangiomas Planos são a Síndrome de Sturge-Weber e a Síndrome de Klippel-Trenaunay, entre outras.
Estudos sugerem que os Hemangiomas Planos sejam decorrentes de uma malformação das terminações nervosas que controlam o fluxo sanguíneo dos capilares cutâneos, cujo funcionamento inadequado resulta na dilatação dos capilares. Este conceito é importante para a compreensão das limitações do tratamento.

Tratamento dos Hemangiomas Planos

O tratamento recomendado é a laserterapia com o equipamento Dye Laser. Deve ser iniciado precocemente para evitar o escurecimento da lesão, a hipertrofia das estruturas afetadas e a formação de nódulos sobre a lesão.
O tratamento com o laser reduz o fluxo sanguíneo na área malformada - efeito de foto-termoemólise - que resulta na coagulação sanguínea e posterior desaparecimento dos capilares tratados. É possível que sessões ocasionais de laser sejam necessárias para manter o controle do hemangioma, durante toda a vida.
A Cirurgia fica restrita ao tratamento das complicações, ou seja, para remover os nódulos superficiais e para reduzir estruturas hipertrofiadas, como pálpebras e lábios.

 

Dye Laser

Por que Dye Laser

Para o tratamento dos hemangiomas o uso de um equipamento inadequado ou a aplicação incorreta podem não produzir melhora e, ainda, provocarem danos e deixarem sequelas definitivas.
O Dye Laser é o tratamento recomendado para o tratamento dos hemangiomas nos maiores centros especializados do mundo. É um equipamento produzido com alta tecnologia para atingir a eficiência máxima no tratamento dos hemangiomas – o que reflete em um custo maior. Apesar disso, é o mais eficiente no clareamento dos hemangiomas e o mais seguro na preservação da pele.

Leia mais

Navegação: Home Hemangioma Hemangiomas Planos