Dra. Heloisa Campos

Hemangiomas Fragiformes e Tuberosos

Os Hemangiomas Fragiformes e Tuberosos são proliferativos e se desenvolvem nas primeiras semanas de vida. Ao nascimento pode haver uma lesão precursora em 30% dos casos, como uma mancha rosada ou um pequeno ponto semelhante a uma picada de inseto. Esta porcentagem aumenta para 70% ao final do primeiro mês de vida. São mais frequentes nas meninas.
A causa desses hemangiomas ainda não foi determinada. O que se sabe é que não há indícios de hereditariedade.
Eles se apresentam de diversas formas: superficiais e profundos ou ambos, alguns são pequenos e pouco visíveis, outros são extensos e deformantes.

Os hemangiomas proliferativos podem manter progressão por um período variável entre os 6 até os 18 meses de vida.  Ao término da fase de progressão, tem início o período de regressão, com uma duração variável entre 3 a 10 – 12 anos, até a completa resolução.
Alguns desses hemangiomas evoluem de forma alarmante e apresentam risco à saúde e à vida da criança, condição que exige tratamento rápido e preciso. Os hemangiomas ulcerados mostram difícil cicatrização e necessitam de tratamento em virtude do risco de infecção e sangramento. Recomenda-se especial atenção para os pacientes com hemangiomas localizados no terço inferior da face, os quais evoluem com ruídos respiratórios sugestivos de extensão do hemangioma para as vias aéreas.
Apesar da regressão natural, nem sempre o resultado final é aceitável. Também há o dano psicológico, provocado na criança que é forçada a conviver com a deformidade até a resolução.
Para limitar a evolução desses hemangiomas e reduzir o risco de sequelas permanentes, recomendamos uma avaliação especializada para verificar a necessidade clínica de tratamento precoce. Vale lembrar que o tratamento precoce também reduz o desconforto psicológico.

 

TRATAMENTO DOS HEMANGIOMAS PROLIFERATIVOS

Os hemangiomas proliferativos, fragiformes ou tuberosos devem ser tratados assim que diagnosticados. A abordagem terapêutica precoce pode interromper a proliferação, impedir progressão e até eliminar a lesão ainda nos primeiros meses de vida.
A combinação do tratamento com drogas antiangiogênicas e sessões de Dye Laser mostra ótimos resultados. Usualmente empregamos a prednisona e o propanolol para interromper a proliferação celular. Raramente usamos o interferon e a vincristina para este fim.
A abordagem terapêutica precoce visa não só assegurar a saúde como também favorecer a socialização da criança.
A indicação da Cirurgia para remoção desses hemangiomas é restrita.

 

Dye Laser

Por que Dye Laser

Para o tratamento dos hemangiomas o uso de um equipamento inadequado ou a aplicação incorreta podem não produzir melhora e, ainda, provocarem danos e deixarem sequelas definitivas.
O Dye Laser é o tratamento recomendado para o tratamento dos hemangiomas nos maiores centros especializados do mundo. É um equipamento produzido com alta tecnologia para atingir a eficiência máxima no tratamento dos hemangiomas – o que reflete em um custo maior. Apesar disso, é o mais eficiente no clareamento dos hemangiomas e o mais seguro na preservação da pele.

Leia mais

Navegação: Home Hemangioma Hemangiomas Fragiformes e Tuberosos